A doença “encefalite do carrapato”, ou precisamente encefalite transmitida por carrapato, pode ser desconhecida para os brasileiros, porém é tópico de alerta na Estônia, onde existe a recomendação da vacina.

Saiba aqui o que é essa doença, os sintomas, onde se vacinar e a situação de transmissão na Estônia.

O que é a encefalite transmitida por carrapato (Tick-born encephalitis)

A encefalite transmitida por carrapatos é causada pelo flavivírus, que é transmitido principalmente por carrapatos. É uma doença infecciosa viral que vem da saliva que um carrapato expele no sangue humano quando se liga à pele.

As fontes e os verdadeiros hospedeiros dos vírus da encefalite transmitida por carrapatos são roedores, bovinos, caprinos, cavalos, alces, veados e outros animais dos quais os carrapatos se alimentam. 

Os vírus também podem se espalhar para os seres humanos através do consumo de leite não pasteurizado ou produtos lácteos de um animal infectado. A doença não se espalha de pessoa para pessoa.

Sintomas

Os primeiros sintomas de encefalite transmitida por carrapatos ocorrem 7-14 dias após o contato com um carrapato.

A doença acontece em duas fases. Os primeiros sintomas podem ser relativamente “leves”: febre leve, mal-estar, dor de cabeça, dores musculares, náusea, perda de apetite, indigestão, erupção cutânea ou uma mancha vermelha perto do local da picada.

Cerca de um terço dos infectados passará pela segunda fase 2 a 20 dias depois, com aumento da temperatura corporal, fortes dores de cabeça, náuseas, vômitos, fotofobia e torcicolo, que indicam o desenvolvimento de inflamação do cérebro e da membrana cerebral ou meningite.

Situação dos carrapatos e da transmissão na Estônia

Os carrapatos são encontrados em todo o mundo e também na Estônia. Eles são normalmente encontrados em campings, florestas e áreas com bastante grama, mas a cada vez mais podem ser encontrados nos parques das cidades e até nos quintais, por exemplo. 

É importante destacar que nem todos os carrapatos carregam doenças, mas normalmnte os carrapatos encontrados na Estônia podem espalhar dois tipos de doenças que são perigosas para os humanos: a encefalite transmitida por carrapatos e a doença de Lyme

Na Estônia, a incidência da encefalite transmitida por carrapatos tem sido maior nas áreas rurais, com o maior número de casos em Saaremaa, condados de Ida-Viru, Lääne, Pärnu e condado de Tartu, mas toda a Estônia é considerada como área de risco.

Nos últimos anos, as taxas mais altas da doença na Europa ocorreram na Estônia e na Eslovênia. As áreas endêmicas de encefalite transmitida por carrapatos na Europa são a Europa Central (Áustria, Alemanha, Polônia, República Tcheca), os Balcãs, bem como a Estônia, Letônia, Lituânia e Rússia. 


Leia também: Passo a passo: Como registrar seu médico da família na Estônia

Vacina contra encefalite transmitida por carrapato na Estônia

vacina contra encefalite transmitida por carrapato estonia

Photo by Markus Spiske on Unsplash

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), é recomenda a vacinação contra a encefalite transmitida por carrapatos em pessoas de todas as idades onde a doença é altamente endêmica, ou seja, que se manifesta e permanece em determinadas regiões. 

Na Estônia, os carrapatos geralmente são mais ativos de abril a outubro, e por isso é recomendado que você se vacine antes de andar pela natureza.

Recomenda-se que a imunização comece em abril, o que permitirá que seja efetiva no momento em que os carrapatos estiverem mais ativos. No entanto, não é tarde para se imunizar em maio. 

Não existe tratamento específico contra a encefalite transmitida por carrapatos, apenas os sintomas da doença podem ser tratados. Não há vacina para prevenir a doença de Lyme, mas ela pode ser tratada com com antibióticos.

Como funciona a imunização e onde se vacinar

A vacinação consiste em 3 injeções. As duas primeiros são feitas com 1 a 3 meses de intervalo, e a terceira nove meses a um ano depois. A partir daí, a primeira reinjeção precisa ser feita em 3 anos e depois em intervalos de 5 anos. A vacina pode ser feita tanto em adultos, como em crianças a partir de 1 ano de idade

Após as duas primeiras injeções, a imunidade é forte, mas durará apenas uma temporada; a terceira injeção prolongará a imunidade.

A vacina não é coberta pela saúde pública da Estônia, ou seja, não é gratuita. Os preços variam um pouco de acordo com os locais, mas ficam entre cerca de €35 and 45 cada dose. Se você tem seguro de saúde particular pode conferir se consegue utilizá-lo para fazer a vacina.

Alguns locais que oferecem a vacina contra encefalite transmitida por carrapatos:

Lääne-Tallinn Central Hospital
Preço: €35 adulto / €20 criança
Mais informações aqui.

Qvalitas
Preço: €39 adulto / €36 criança
Mais informações aqui.

Confido
Preço: 45
Mais informações aqui

Com médicos da família
Confira se o seu médico da família oferece a vacinação e qual o preço

Outras recomendações 

O que você deve fazer se encontrar um carrapato no seu corpo?

Se você não foi vacinado, então você precisa se monitorar por pelo menos uma semana. Recomenda-se fazer uma análise de sangue duas a três semanas depois de ter sido picado por um carrapato. Nada aparecerá antes disso, porque os anticorpos específicos da doença levam tempo para se desenvolver.

Como remover um carrapato?

A principal regra para remover um carrapato do seu corpo é ter cuidado. Não aperte o carrapato, pois você pode fazer com que a saliva saia ainda mais na área picada. As pinças como essa aqui são recomendadas para segurar o pescoço do carrapato e retirá-lo em um movimento repentino de torção. 

Recomendações com os pets

Talvez você já tenha ouvido falar da “doença do carrapato” em animais de estimação, principalmente os cães. Nesse caso, os carrapatos podem transmitir diferentes doenças, uma delas, inclusive também é a Doença de Lyme. Confira essa publicação com mais informações sobre o tema.

Nesse caso, é importante tomar medidas preventivas, como utilizar coleiras e líquidos “repelentes” ou medicação interna (converse com o veterinário) contra parasitas e carrapatos.

Fontes: Terviseamet, Eesti.ee, Confido, OMS

Para acompanhar mais do nosso conteúdo, o Tere Tallinn no Instagram @teretallinn e no TikTok @tere.tallinn.
Compartilha com os amigos <3