A mudança para um novo país é sempre repleta de adaptações e elas não se limitam apenas a questões culturais e climáticas – que são sempre os principais pontos abordados, principalmente por pessoas que trocam o Brasil pela Europa – mas outros fatores sempre pesam na conta, como o de fenômenos naturais. Você já ouvir falar em “White Nights”? Não? Então confere aqui!

O que são as White Nights

Você consegue imaginar a que horário essa foto abaixo foi tirada?

White Nights estonia

Foto: Tere Tallinn

Pois bem, se você pensou em algo entre 18, eu não te julgo, uma vez que é um cenário comum no Brasil durante esse horário. Acontece que ela foi tirada à 1h da manhã! Isso mesmo.

White Nights – Noites Brancas/Claras em tradução livre, e também conhecidas como Midnight Sun/Sol da Meia-Noite – é um fenômeno natural muito comum durante o período do verão nos países próximos aos pólos – sejam eles o Sul ou Norte. Elas começam quando os dias de verão se estendem por toda a noite e quase não há escuridão à vista. Ou seja, os dias são muuuuito mais longo.

Nessa época do ano, o sol costuma começar a se pôr depois da 23h da manhã e, antes das 5h ele já está com força aqui na Estônia – sendo que em países mais próximos dos pólos esse período é ainda mais curto, muitas vezes nem existindo.

Durante o inverno, o efeito acontece ao contrário, e já encaramos por aqui momentos que o dia começava a clarear próximo às 10h da manhã e às 15h já se encontrava um breu total nas ruas.


LEIA TAMBÉM: FOTOS: paisagens do outono x inverno na Estônia

Quando começa e como se adaptar?

Bom, não existe uma data exata para isso, mas durante o Jaanipäev – que explicamos nesse post – uma das comemorações e pedidos deles para a fogueira é justamente para dias mais longos e contínuos no verão, então podemos meio que considerar essa data como o início da temporada – mas mesmo antes a gente já presenciava um pouco desse fenômeno.

Até hoje para nós a adaptação durante esses dias não é lá das mais fáceis. Isso porque esses dias claros acabam influenciando demais em nosso relógio biológico e também- principalmente – na qualidade do nosso sono. Se durante o inverno você dorme até mais do que precisa e faz força para sair da cama, no verão é completamente ao contrário.

Cada um lida com tais problemas à sua maneira, não existe uma receita mágica de adaptação que sirva de forma uniforme para todo mundo. Nossa dica aqui é desencanar e aproveitar os dias longos gastando o máximo de energia possível, seja praticando esportes ou até mesmo conhecendo lugares novos. 

Caso você esteja planejando uma mudança/vinda para a Estônia no verão, aconselhamos a chegada algumas semanas antes e assim, sua adaptação à esse fenômeno pode se tornar um pouco mais fácil. 😉

Siga o Tere Tallinn no Instagram @teretallinn e curta a nossa página no Facebook.
Compartilha com os amigos <3