A mudança de um país tropical como o Brasil, onde é verão quase que no ano inteiro, para a Estônia é gritante. E durante o inverno na Estônia é preciso ter alguns cuidados específicos para passar tranquilamente a estação. 

Já falamos e mostramos diversas vezes como as estações são bem definidas por aqui, criando literalmente cenários de cinema diferentes – porém no mesmo lugar – conforme os meses vão passando. 

diferença outono e inverno na estônia

Foto: Tere Tallinn


LEIA TAMBÉM: FOTOS: paisagens do outono x inverno na Estônia

Dicas essenciais para encarar o inverno na Estônia

Desde que chegamos em Tallinn, o inverno na Estônia foi de longe a experiência mais incrível que tivemos. Em dois anos vivendo por aqui, já sentimos temperaturas que foram dos 30ºC no verão para os -17ºC em alguns dias. Portanto, confira abaixo algumas das nossas dicas para curtir a temporada de inverno na Estônia de forma mais tranquila.

O casaco adequado

Um item básico, mas indispensável: o casaco de inverno. Não tem como não pensar nas roupas que você usará nessa época do ano. Sabemos que nem sempre é muito barato comprar agasalhos e acessórios de frio, porém esse é um investimento que vale a sua atenção e vai te manter saudável. 

Na nossa opinião, não vale a pena comprar casacos pesados no Brasil para trazer para cá, ou na Europa no geral. Isso porque os casacos não são feitos para aguentar o frio do lado de cá. Deixe para investir nas peças mais pesadas quando chegar no seu destino final. O seu bolso e corpo agradecem.

cuidados inverno na estonia

Foto: Tere Tallinn

Se você for curtir a neve, certifique-se sempre de usar calças e agasalhos impermeáveis, de preferência com capuz e mangas com punho para evitar ao máximo que o vento entre pelas mangas. Sempre que precisamos adquirir algo novo, outra coisa que nos atentamos é para que as peças tenham bolso (imprescindível) e fechem com zíper ao invés de botões. 

Mantenha as extremidades aquecidas

Um grande cuidado que você deve ter é com as extremidades do seu corpo (leia-se cabeça, mãos e pés) uma vez que deixá-las desprotegidas podem te trazer diversos problemas. No casos das mãoes e pés, são algumas das partes do corpo onde temos menos circulação de sangue e, consequentemente, onde sentimos mais frio. Luvas, meias grossas e sapatos impermeáveis são as principais soluções nesse caso.


LEIA TAMBÉM: White Nights: Estônia e o sol da meia-noite

Hidrate-se

Acha que só precisamos tomar água no verão? Pois pode tirando essa ideia da sua cabeça e saiba que o inverno é uma das épocas onde seu corpo precisa estar mais hidratado para aumentar sua imunidade e te manter saudável. Por isso fique atento ao seu consumo diário de água!

Além disso, o vento e clima seco trazem danos a pele, então além do seu organismo, também é importante manter as partes do corpo que ficam mais expostas bem hidratadas, como é o caso das mãos, lábios e rosto.

Cuidado com os carros

Os dias de inverno são muito curtos aqui na Estônia, e normalmente começa a escurecer a partir das 15h no ápice do inverno. Por isso é importante ficar muito ligado com o trânsito por dois motivos: baixa visibilidade e gelo na pista.

inverno na estonia refletor roupas

Foto: ExtraWize

Portanto, ao atravessar a rua, certifique-se de que o carro está realmente te vendo – uma dica importante é de sempre usar um refletor na sua roupa (conhecido como helkur na Estônia) para facilitar que os motoristas te enxerguem na rua. O uso dos refletores é, inclusive, obrigatório devido a uma lei de 2011 que exige seu uso no escuro e em condições de pouca visibilidade.

Além disso, é muito importante ficar atento ao gelo na pista pois os freios não funcionam como num dia de pista seca, por exemplo.

O solo escorregadio merece atenção – cuidado com o black ice

A definição mais simples de black ice (gelo preto) é uma fina camada de gelo transparente, muito fina, quase impossível de se ver. O black ice pode estar nas ruas e calçadas, e é muito perigoso por ser super escorregadio. 

É interessante usar calçados apropriados e antiderrapantes, mas não deposite toda a sua fé neles achando que está 100% seguro com isso. Atenção redobrada é muito importante para evitar fraturas e acidentes e até o modo como a gente anda durante o inverno precisa mudar um pouco.

A recomendação é andar que nem pinguim para evitar deslizes e quedas. Isso porque quando inclinamos o torso para frente o centro de gravidade é colocado na perna frontal, enquanto quando andamos normalmente, o peso do corpo é dividido de maneira quase igual, o que aumenta o risco de perder o equilíbrio e cair.

como andar no gelo

Foto: Divulgação

Olhe para cima

Todo cuidado é pouco nessa época do ano e diversos acidentes são relatados por conta de quedas de estalactites de gelo em pedestres nas ruas. É muito comum que a água dos telhados, árvores e galpões congelem formando essas estruturas muito perigosas.

Estalactite de gelo

Foto: belebele! on Visualhunt / CC BY-NC-SA

Portanto, além de ficar muito atento ao que acontece em sua volta, preste atenção aos lugares que você tenta se abrigar em momentos de chuva ou tempestades de neve. 

Faça exercícios

Salvo os dias de neve intensa e chuvas saiba que é importante manter uma rotina de exercícios ao ar livre, mesmo durante o inverno. Isso ajuda a melhorar a circulação sanguínea e a elevar a temperatura corporal, mantendo você mais aquecido.

E não precisa ser nada mirabolante não, viu? Por aqui a gente tem nossas caminhadas diárias com o Chico e isso já nos ajuda. 🙂 


LEIA TAMBÉM: 10 motivos para morar na Estônia

Cuidados com o pet no inverno

Nós aqui em casa temos um cachorrinho que ama a neve:

cuidados com pet no inverno na estonia

Foto: Tere Tallinn

Mas é bom ter alguns cuidados para evitar que a diversão acabe se tornando uma dor de cabeça. Antes de mais nada é bom se certificar que as rotineiras caminhadas não durem tanto tempo e sim o essencial para que se exercitem e façam as necessidades.

Com relação a se manter aquecido, se o cão for saudável e jovem, sua própria pelagem ajuda com relação a isso. Mas por conta do clima frio e molhado em muitas vezes, não custa cobri-lo com uma roupa especial ou impermeável – caso vá para algum lugar com lagos e poças d’água, leve sempre uma toalha para secá-lo caso se molhe em algum desses lugares.

Outra coisa é ficar atento as patinhas dos cães, nessa época do ano é muito comum que as prefeituras e até mesmo os moradores joguem bastante sal nas calçadas afim de evitar o black ice que citamos acima, o que pode ser muito prejudicial a pata do seu amigo. Em alguns petshops você encontra sapatos especiais e, caso ele não se adapte muito bem, existem alguns produtos como pomadas ou até mesmo óleo de coco que reduzem esses danos e ajudam a manter a saúde das patinhas.

Esperamos que essas dicas te ajudem a curtir o inverno na Estônia de uma forma mais tranquila! 🙂

Siga o Tere Tallinn no Instagram @teretallinn e curta a nossa página no Facebook.
Compartilha com os amigos <3